Nos chame
no WhatsApp
Notícias

Proposta que deve ser adotada em todo país, diz Cláudio Ferreira sobre sanção a invasores de terra

Deputado estadual é autor da lei em Mato Grosso

O deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Rondonópolis, Cláudio Ferreira (PL), falou nesta quarta-feira (17) sobre a aprovação do regime de urgência do Projeto de Lei (PL) 709/2023 pela Câmara dos Deputados em Brasília. A proposta visa criar sanções administrativas e restrições aplicadas aos ocupantes e invasores de propriedades rurais e urbanas em todo o território nacional.

Em Mato Grosso, Cláudio Ferreira é autor da Lei nº 12.430 de 2024 que criou as sanções em todo o estado. A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 06 de fevereiro.

“Essa é uma proposta que deve ser adotada em todo o país, especialmente durante o atual Governo, que não tem interesse em formalizar uma política de tolerância zero a crimes como a invasão de terras. Ver a Câmara dos Deputados atuando por uma proposta assim é motivo de comemoração, pois é a defesa da liberdade e do direito de propriedade acontecendo. Todos os brasileiros de bem saem ganhando”, declarou Cláudio Ferreira.

Para o deputado, a lei colabora com a redução do número de invasões, que são adotadas como estratégias de grupos ideológicos de esquerda como o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Também nesta quarta-feira, o governador Mauro Mendes (União) reforçou, durante discurso na feira Norte Show, em Sinop, as ações desenvolvidas no estado para garantir a segurança no campo em todas as regiões. Segundo ele, em 1 ano o Governo impediu 43 tentativas de invasão de propriedades.

“Foram quase 130 pessoas presas, e nenhuma invasão deu certo. Tudo isso graças a esses homens e mulheres da Polícia Militar, da Polícia Civil, e de todas as nossas forças de Segurança. Porque são eles que estão e vão continuar garantindo essa segurança nos quatro cantos de Mato Grosso. Não tenho dúvida que nós estamos construindo um dos mais belos estados dessa nação”.

Com a aprovação do regime de urgência, o PL 709/2023 poderá ser votado diretamente no Plenário, sem passar antes pelas comissões da Câmara.

Compartilhar
Compartilhar
Compartilhar
Compartilhar
Após cobrança de Cláudio Ferreira, Governo confirma que vetará projeto cria multa de R$ 23 mil

Secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Garcia, confirmou rejeição de PL do deputado Thiago Silva

Cláudio Ferreira critica atraso e cobra soluções rápidas para saúde de Rondonópolis

Após cobranças, prefeitura decidiu começar a atender demandas da população

Além da FCDL, Fecomércio também se posiciona contra projeto de lei de Thiago Silva

Texto prevê multa de R$23 mil a comerciantes no estado, Federação pediu veto do Governo

FCDL Mato Grosso avalia como prejudicial lei que poderá dar multa de R$23mil a comerciantes

Instituição se reuniu nesta terça-feira com o deputado estadual Cláudio Ferreira