Nos chame
no WhatsApp
Notícias

Projeto que desburocratiza o repasse de recursos aos hospitais filantrópicos é aprovado na ALMT

Atualmente, o repasse é feito primeiramente para os municípios, que só depois enviam para as instituições filantrópicas

(Foto: JL Siqueira / ALMT)

O projeto que prevê que os repasses dos recursos estaduais sejam feitos diretamente aos hospitais filantrópicos foi aprovado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Atualmente, o repasse é feito primeiramente para os municípios, que só depois enviam para as instituições filantrópicas, gerando, muitas vezes, atrasos e perdas para os hospitais. Com a nova proposta, esse caminho será encurtado.

“Aprovamos hoje na AL o projeto, que fiz questão de ser co-autor, que garante o repasse direto de recursos do governo estadual aos hospitais filantrópicos. Isso significa menos burocracia, menos politização e mais eficiência no uso do dinheiro público”, afirmou Cláudio.

A segunda votação do projeto aconteceu nesta quarta-feira (1°). Agora o texto segue para sanção do governador Mauro Mendes.

Complementação da Tabela SUS

O projeto assinado em conjunto com o deputado Ondanir Bortolini —  Nininho (PSD) — pontua que, em 2018, foi instituído o Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal de Mato Grosso (FEEF/MT). À época, ficou determinado que as receitas desse recurso seriam integralmente aplicadas em investimentos e em despesas de custeio relacionadas a políticas públicas de saúde.

Parte desse recurso deve ser usada para complementação da tabela SUS, elaborada pela Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas prestadoras de serviço na área de saúde em Mato Grosso.

Em 2021, o FEEF foi extinto, mas os repasses para as instituições filantrópicas foram mantidos — porém, sendo intermediadas pelas prefeituras

LEIA TAMBÉM

Compartilhar
Compartilhar
Compartilhar
Compartilhar
Queremos que Rondonópolis tenha a melhor educação do Brasil, diz Cláudio Ferreira

Pré-candidato à prefeitura afirma que é preciso uma mudança de verdade na gestão

Após cobrança de Cláudio Ferreira, Prefeitura prorroga pagamento do IPTU em Rondonópolis

A nova data limite de pagamento foi prorrogada para o dia 30 de abril

Em comitiva de Bolsonaro, Cláudio Ferreira visita aldeia indígena Wazare em Campo Novo

Deputado estadual destacou “desenvolvimento étnico e econômico” da comunidade